top of page

O Povo Israelita é um só

Atualizado: 1 de set. de 2021


Rabino Yohanan Yedidyah.



Antes de falarmos do retorno dos descendentes a seu Povo, precisamos falar da unidade do Povo. Falar que o Povo Israelita é um só.


Nos “Cânticos dos Degraus”, que o povo cantava enquanto subia os degraus para o Templo, o Rei David orou ao ETERNO pela unidade desse Povo: “Chegaram nossos pés às tuas portas, oh! Jerusalem. És uma cidade edificada, COESA, para UNIR as tribos do ETERNO... como um testemunho de todo o Israel.” ( Salmo 122 : 2-4 ).


O Templo tinha sido, antes, o Tabernáculo, no Deserto. “E Me farão um Santuário e morarei entre eles. Como tudo aquilo que Eu te mostro à semelhança do Tabernáculo e à semelhança de todos os seus objetos, assim fareis.” ( Shemot, Êxodo, 25 : 8-9 ).


O ETERNO mostrou a Moisés, pois, “a semelhança” da Arca da Aliança, da Mesa dos Pães da Proposição e do Candelabro, com seu florão de sete luzes, formando uma luz Central. ( Ba-Midbar, Números 8 : 1-2 ).


Os Sete Ramos do Povo Israelita formam a Luz Central para as Nações, para leva-las à prática da justiça. Luz para os Gentios através do Testemunho, sem fazer proselitismo ( Isaías 42 : 1-6 ).


O ETERNO D-US de Israel determinou que Seu Povo seja como um candelabro de “uma só peça” ( Shemot 25 : 31 e Ba-Midbar 8 : 4 ). Na metáfora, um candelabro de “ouro batido”, com o valor do ouro e na forma dada pelo martelo do artífice. Pois é Ele o Grande Artífice que bate no Seu Povo, desde a “Aretz” até os “confins da Terra”, para torna-lo “de uma só peça”.


Os Sete Ramos em sua composição:

1. Os Nicarey Karta;

2. Os Breslev;

3. Os Chabad Lubawich;

4. Os Ortodoxos;

5. Os Massorty Conservativos;

6. Os Liberais Reformistas;

7. Os Sefaradym Hispano-Portugueses;

Sendo o último o nosso ramo e o mais numeroso dos sete. Para unir os Sete Ramos, que não seja mais necessário o ETERNO bater, mais do que já bateu, em Seu Povo. Que, finalmente, possamos atender e aprender.


Os Sete braços de ouro batido do candelabro mostram, desenhados cálices e flores ( Shemot 25 : 31 – 40 ) Os Sete Ramos dos Filhos de Israel exalam, cada um, o perfume de sua própria flor. Vivenciam também os costumes e rituais de seus cálices específicos.


Em nosso ramo Hispano-Português, com nossos próprios costumes e nosso cheiro próprio, recebemos, acolhemos, reconhecemos e amamos nossos Haverym e Haverot de qualquer um dos outros seis Braços desse grande Candelabro humano. Se um ou alguns deles não nos reconhecerem como Filhos de Israel, nós seguiremos adiante, Mercê de D-us.

Na “Consumação dos Séculos”, vamos chegar ao Reino do Mashiah como “aqueles que restarem” ( Isaías 60 : 21 ). Os que restarem desses Sete Ramos e também os que restarem das Nações, dos demais “B’ney Noah”. ( Bereshyt, Gênesis 9 : 8-9 ).


Agora você já conhece o Povo e seu futuro. Se é descendente, está convocado (a).



122 visualizações12 comentários

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page